Wordpress, Prestashop, Joomla e Drupal Grátis
Manoel de Barros
Manoel de Barros

 

A maior  riqueza do homem

É a sua incompletude.

Nesse ponto sou abastado.

Palavras que me aceitam como sou

Eu não aceito.

Não agüento ser apenas um sujeito

Que abre portas, que puxa válvulas,

Que olha relógio,

Que compra pão às 6 horas da tarde,

Que vai lá fora,

Que aponta lápis,

Que vê uva etc, etc.

Perdoai,

Mas eu preciso ser outros.

Eu penso renovar o homem

Usando borboletas.

 

 







Partilhe este Site...